Skip to main content
Logótipo da Comissão Europeia
EURES
Notícia7 outubro 2021Autoridade Europeia do Trabalho, Direção-Geral do Emprego, dos Assuntos Sociais e da Inclusão

8 perguntas fundamentais que todos os candidatos a emprego devem fazer na entrevista

Desde o início da pandemia de COVID-19, muitas empresas alteraram o seu modo de funcionamento, introduzindo diferentes medidas de segurança ou modalidades de trabalho à distância/híbridas. Seguem-se oito perguntas importantes relacionadas com a COVID-19 para fazer ao seu futuro empregador numa entrevista de emprego.

Top 8 COVID-19 questions every jobseeker should ask at interviews
Unsplash

Muitas vezes, as entrevistas de emprego podem fazer o candidato sentir-se como se estivesse num interrogatório. Mas, para que ambas as partes possam avaliar se são a melhor escolha uma para a outra, as entrevistas devem assemelhar-se mais a uma conversa. Além disso, quando um candidato a emprego coloca questões pertinentes transmite uma imagem de genuíno interesse e competência, o que deixa uma boa primeira impressão ao entrevistador.

Tenha em mente que os candidatos têm geralmente a oportunidade de fazer perguntas no final, pelo que deve deixar o empregador conduzir a entrevista. Regra geral, é aconselhável ter duas ou três perguntas preparadas. Quanto mais avançar no processo de entrevista, mais perguntas poderá fazer.

O que é que a empresa aprendeu com a crise?

A maioria das empresas não estava preparada para a forma como a pandemia mudou o mundo do trabalho. No entanto, muitos empregadores adaptaram-se rapidamente às novas circunstâncias. É importante perceber quais os ensinamentos que o empregador retirou, para que possa determinar o seu grau de preparação para reagir a crises semelhantes no futuro ou para aceitar o trabalho à distância.

De que forma estão os trabalhadores protegidos em caso de litígio com os clientes sobre normas de segurança?

Os desentendimentos sobre o uso da máscara ou outras normas de segurança podem ser bastante comuns em trabalhos que implicam o contacto com clientes, tais como assistentes de lojas e baristas. É importante que o empregador disponha de orientações sobre como gerir e mitigar essas discussões.

Se um trabalhador contrair COVID-19, qual é a política da empresa para manter o restante pessoal em segurança?

Apesar de todas as precauções de segurança e das elevadas taxas de vacinação, é ainda provável que um trabalhador possa ser infetado com a COVID-19. Um bom empregador deverá dispor de um protocolo para garantir a segurança dos restantes trabalhadores, por exemplo através de testes regulares, de políticas de trabalho em casa, etc.

Está previsto algum tipo de apoio quando um trabalhador tem de cuidar de um familiar doente?

Se tiver familiares vulneráveis ao vírus, esta é uma pergunta importante porque, infelizmente, quando temos de cuidar de um familiar doente, alguns empregadores podem ser menos compreensivos do que outros. Procure saber se o seu empregador tem alguma política para essa eventualidade.

Qual é a sua política em matéria de trabalho em casa?

No início da pandemia, muitas empresas foram forçadas a pedir aos seus funcionários que trabalhassem em casa. No entanto, as restrições estão a ser gradualmente levantadas em toda a Europa e muitas empresas podem agora escolher a modalidade de trabalho que preferirem. Se este é um aspeto importante para si, pergunte ao empregador se tem (ou tenciona aplicar) uma opção de trabalho flexível ou à distância a longo prazo.

Qual é o apoio prestado aos trabalhadores à distância?

Alguns empregadores oferecem diferentes recursos em termos de bem-estar, formação e equipamento (por exemplo, computadores portáteis de trabalho, computadores de secretária, câmaras Web) para ajudar os seus empregados a desempenhar funções à distância. Não se esqueça de perguntar ao empregador que apoio disponibiliza a quem trabalha em casa.

Qual foi o impacto que a COVID-19 teve neste cargo?

É importante determinar de que forma o seu cargo pode ser afetado pela pandemia ou por uma crise semelhante. Pergunte ao empregador se as tarefas principais do cargo mudaram durante a pandemia e de que forma. Isto dar-lhe-á uma ideia do que esperar no futuro.

Considera que este será um cargo com segurança laboral a longo prazo?

Esta pergunta está diretamente relacionada com a anterior. Nestes tempos de incerteza, a segurança do emprego é muito importante para qualquer candidato. Pergunte ao seu empregador até que ponto considera o cargo seguro a longo prazo. Se o cargo tiver margem de flexibilidade e o empregador indicar que poderá ajustá-lo e adaptá-lo a circunstâncias extremas, em princípio pode ficar tranquilo.

Uma entrevista de emprego em linha pode ser uma experiência intimidadora. Por isso, preparámos algumas sugestões para impressionar o seu futuro empregador e transmitir a sua melhor imagem «virtual».
 

Ligações úteis:

Como fazer a diferença numa entrevista de emprego em linha
 

Informações adicionais:

Jornadas Europeias do Emprego

Procurar Conselheiros EURES

Condições de vida e de trabalho nos países EURES

Base de ofertas de emprego EURES

Serviços EURES para empregadores

Calendário de eventos EURES

Próximos Eventos em linha

A EURES no Facebook

A EURES no Twitter

A EURES no LinkedIn

Informação detalhada

Tópicos
Tendências de recrutamentoJuventude
Seções relacionadas
Vida & Trabalho
Setor
Accomodation and food service activitiesActivities of extraterritorial organisations and bodiesActivities of households as employers, undifferentiated goods- and servicesAdministrative and support service activitiesAgriculture, forestry and fishingArts, entertainment and recreationConstructionEducationElectricity, gas, steam and air conditioning supplyFinancial and insurance activitiesHuman health and social work activitiesInformation and communicationManufacturingMining and quarryingOther service activitiesProfessional, scientific and technical activitiesPublic administration and defence; compulsory social securityReal estate activitiesTransportation and storageWater supply, sewerage, waste management and remediation activitiesWholesale and retail trade; repair of motor vehicles and motorcycles

Isenção de responsabilidade

Os artigos destinam-se a fornecer aos utilizadores do portal EURES informações sobre temas e tendências atuais e a estimular a discussão e o debate. O seu conteúdo não reflete necessariamente a opinião da Autoridade do Trabalho Europeia (ELA) ou da Comissão Europeia. Além disso, EURES e ELA não endossam os sites de terceiros mencionados acima.