Skip to main content
Logótipo da Comissão Europeia
EURES
Notícia16 novembro 2018Autoridade Europeia do Trabalho, Direção-Geral do Emprego, dos Assuntos Sociais e da Inclusão

De que forma o trabalho não declarado na UE o afeta?

O trabalho não declarado na chamada «economia paralela» representa cerca de 15 % da economia total da Europa. A UE está a adotar ações contra este problema através da sua «Plataforma europeia de combate ao trabalho não declarado». Mas o que é exatamente o trabalho não declarado, por que razão esta plataforma é importante e de que modo o ajuda enquanto trabalhador na UE?

How does undeclared work in the EU affect you?
European Union

O que é exatamente o trabalho não declarado?

O trabalho não declarado é qualquer trabalho de caráter lícito, mas não declarado às autoridades públicas competentes. É muitas vezes conhecido informalmente como «trabalho dinheiro na mão» e é comum em setores como a construção, limpezas, acolhimento de crianças, alimentação e hotelaria.

O que faz a «Plataforma europeia de combate ao trabalho não declarado»?

O combate ao problema do trabalho não declarado é uma prioridade da UE, razão pela qual lançou a «Plataforma europeia de combate ao trabalho não declarado» em 2016.

A plataforma reúne organizações da UE, nomeadamente autoridades do trabalho, fiscais e da segurança social, para cooperarem a nível transfronteiriço e trocarem informações, conhecimentos e boas práticas.

Tem como objetivos principais transformar o trabalho não declarado em trabalho declarado e tornar os mercados de trabalho e os sistemas de proteção social justos e eficientes. Tal promoverá melhores condições de vida e de trabalho para os cidadãos em toda a UE.

Porquê a necessidade de combater o trabalho não declarado?

Receber remuneração diretamente entregue em dinheiro ou realizar trabalho «por baixo da mesa» pode parecer inofensivo ou ser encarado como a única opção num mercado de trabalho difícil. Contudo, pode ter grandes implicações e desvantagens para os trabalhadores.

Se estiver envolvido em trabalho não declarado, pode ser confrontado com:

  • baixa remuneração (muitas vezes abaixo do salário mínimo legal);
  • horário de trabalho excessivo ou irregular;
  • condições de trabalho más ou sem segurança e baixa qualidade de trabalho;
  • inexistência de direitos laborais, tais como férias e licença por doença;
  • inexistência de acesso a pensões e prestações de desemprego;
  • menos segurança do posto de trabalho e oportunidades mais reduzidas para aumentar as qualificações ou encontrar um emprego formal.

É possível que esteja envolvido em trabalho não declarado. O que devo fazer?

Se receia estar envolvido em trabalho não declarado, pode encontrar as leis que vigoram no seu país e verificar se está, juntamente como o seu empregador, em situação regular no sítio Webda plataforma

Caso pense que o seu empregador ou outra organização está envolvido em trabalho não declarado, pode também ficar a saber como notificar essa situação às autoridades competentes.

Basta para isso selecionar o seu país na lista pendente, onde encontrará os sítios Web e números de telefone dos seus pontos de contacto nacionais.

É minha responsabilidade agir?

O lema da UE é o de que «o trabalho não declarado constitui um problema para todos». Isto deve-se ao facto de o trabalho não declarado significar impostos que ficam por pagar, o que significa uma falta de recursos financeiros para serviços públicos essenciais como os sistemas de desemprego, de pensões e de cuidados de saúde. Trata-se de algo que tem repercussões em todos os membros da sociedade, nomeadamente os mais vulneráveis.

Enquanto cidadão, pode ajudar a acabar com o trabalho não declarado notificando-o. Pode também procurar aconselhamento sobre de que modo pode fazer a transição de trabalho não declarado para o emprego formal.

Obviamente, prevenir o trabalho não declarado não é responsabilidade exclusiva dos trabalhadores - exige um esforço comum. É essencial que os empregadores cumpram as regulamentações nacionais. Entretanto, a UE está a apoiar Estados-Membros individuais a adotarem ações a nível governamental.

Onde posso obter mais informações?

Para ficar a saber mais sobre a plataforma, veja este vídeo ou visite a página Webda plataforma. Para encontrar mais informações, subscreva o boletim informativo periódico sobre trabalho não declarado, ou utilize a biblioteca de recursos úteis disponível na página.
 

Ligações úteis:

Ferramentas nacionais para notificar o trabalho não declarado

Plataforma europeia de combate ao trabalho não declarado – Vídeo (YouTube)

Trabalho não declarado

 

Informações adicionais:

Jornadas Europeias do Emprego

Drop’pin@EURES

Encontrar um ConselheiroEURES

Condições de vida e de trabalho nos países EURES

Base de ofertas de emprego EURES

Serviços EURES para empregadores

Calendário de Eventos EURES

Próximos Eventos em linha

A EURES no Facebook

A EURES no Twitter

A EURES no LinkedIn

Informação detalhada

Tópicos
Notícias externas EURESJuventude
Seções relacionadas
Ajuda e ApoioVida & Trabalho
Setor
Accomodation and food service activitiesActivities of extraterritorial organisations and bodiesActivities of households as employers, undifferentiated goods- and servicesAdministrative and support service activitiesAgriculture, forestry and fishingArts, entertainment and recreationConstructionEducationElectricity, gas, steam and air conditioning supplyFinancial and insurance activitiesHuman health and social work activitiesInformation and communicationManufacturingMining and quarryingOther service activitiesProfessional, scientific and technical activitiesPublic administration and defence; compulsory social securityReal estate activitiesTransportation and storageWater supply, sewerage, waste management and remediation activitiesWholesale and retail trade; repair of motor vehicles and motorcycles

Isenção de responsabilidade

Os artigos destinam-se a fornecer aos utilizadores do portal EURES informações sobre temas e tendências atuais e a estimular a discussão e o debate. O seu conteúdo não reflete necessariamente a opinião da Autoridade do Trabalho Europeia (ELA) ou da Comissão Europeia. Além disso, EURES e ELA não endossam os sites de terceiros mencionados acima.